Artista: Os Angüeras

Letra da Música Cantiga de Rio E Remo de Os Angüeras

< Os Angüeras

óia o dourado...
óia o dourado...
óia o dourado...

...que bateu no espinhel,
trás a canoa que rio fundo não dá pé.

Esta cantiga é muito antiga, é muito amiga
e me acompanha desde o dia que nasci.
Leva a canoa quando eu saio noite a fora
pescando estrelas no uruguai ou no ibicuí.

[Óia o dourado que bateu no espinhel
Trás a canoa que rio fundo não dá pé.]

Ela é remanso, é cachoeira, é lua cheia
Ela é piava, ela é dourado, é surubi
Ela é o espanto do piá que a vez primeira
tirou das águas para o solo um lambari

[] []

É o pão na mesa para a fome de quem pesca
o peixe arisco da aventura que há de estar
na voz humilde de quem canta esta cantiga
sem outro sonho que não seja o de pescar...

[] []

óia o dourado...
óia o dourado...

Esta cantiga é muito antiga, é muito amiga
e me acompanha desde o dia que nasci.
Leva a canoa quando eu saio noite a fora
pescando estrelas no uruguai ou no ibicuí.

[] []

É o pão na mesa para a fome de quem pesca
o peixe arisco da aventura que há de estar
na voz humilde de quem canta esta cantiga
sem outro sonho que não seja o de pescar...

[]

Ficha Técnica da Música Cantiga de Rio E Remo

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Cantiga de Rio E Remo de Os Angüeras.

Número de Palavras 191
Número de Letras 1214
Intérprete Os Angüeras

Análises de Significado da Letra da Música Cantiga de Rio E Remo

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited