Artista: Zé Gonçalvez

Letra da Música Drogas, tô Fora de Zé Gonçalvez

< Zé Gonçalvez

Falo de coisas,do ódio,do medo
está escrito sobre tua testa e tem a tolerância de Deus

falo de coisas,de fatos antigos,está escrito
sob tua face pálida e sem cor,o amor esfriou

o inverno vem chegando sorrateiro,arruaceiro,antes da sua estação
a correnteza os temores que estão presos às tua mãos,preso às tuas mãos
falo de Homens que vagam perdidos,falo de drogas,do vício e dinheiro,dinheiro

e você acorda de manhã e dá de cara com o espelho
pergunta o que é que eu fiz da minha vida e cai de joelhos
tudo perde o sentido e você se sente mal
mergulha de cabeça numa baita crise existencial
um vazio terrível lhe absorveu,incondicionalmente voce grita por Deus
você grita por Deus,não há no fim do túnel aquela luz que alguém lhe prometeu

Ficha Técnica da Música Drogas, tô Fora

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Drogas, tô Fora de Zé Gonçalvez.

Número de Palavras 117
Número de Letras 795
Intérprete Zé Gonçalvez

Análises de Significado da Letra da Música Drogas, tô Fora

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited