Artista: Verona

Letra da Música Mero Acaso de Verona

< Verona

Abro as portas do salão
Tranco no armário a solidão
Viro a página final
Provo que não vai ser igual
Cansei de contar pro meu espelho
Historias que não sei o fim
Na meia-volta não existe atalho
Achei o meu lugar em mim
Volto o segundo que passou
Pinto o contorno do que sou
Viro a página final
Provo que não vai ser igual
Cansei de contar pro meu espelho
Historias que não sei o fim
Na meia-volta não existe atalho
Achei o meu lugar em mim
Trancado nas mãos do mero acaso
Não vou desistir assim
Começo do início, passo a passo
Refaço o que sobrou do fim
Pois achei o meu lugar em mim
Eu sou refém do mero acaso
Eu sou refém do mero acaso
Eu sou refém do mero acaso
Eu sou refém do mero acaso
Cansei de contar pro meu espelho
Historias que não sei o fim
Na meia-volta não existe atalho
Achei o meu lugar em mim
Achei o meu lugar em mim
Achei o meu lugar em mim
Na meia-volta não existe atalho
Achei o meu lugar em mim
Achei o meu lugar em mim
Achei o meu lugar em mim
Achei o meu lugar em mim

Ficha Técnica da Música Mero Acaso

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Mero Acaso de Verona.

Número de Palavras 169
Número de Letras 1042
Intérprete Verona

Análises de Significado da Letra da Música Mero Acaso

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited