Artista: Valesca Popozuda

Letra da Música Gozada Fraca de Valesca Popozuda

< Valesca Popozuda

Bebê de gozada fraca nasce feio
Vê se faz direito
Pois aqui não é recreio
De gozada fraca não vou me molhar
Se não me aguenta
Não me chama pra brincar
Bebê de gozada fraca nasce feio
Vê se faz direito
Pois aqui não é recreio
De gozada fraca não vou me molhar
Se não me aguenta
Não me chama pra brincar

Eu me preparei todinha
Depilei a bucetinha
Pra você lamber todinha
E você já quer parar?
Tu vem com essa linguinha
Que derrota, fez cosquinha
Nem tirei minha calcinha
E você já vai gozar?

Quando você me ligou não sabia
Pensei que ia rolar a putaria
Mas você chegou cortando o meu tesão
Vai pra lá com essa mangueira sem pressão

Bebê de gozada fraca nasce feio
Vê se faz direito
Pois aqui não é recreio
De gozada fraca não vou me molhar
Se não me aguenta
Não me chama pra brincar
(Se não me aguenta
Não me chama pra brincar)

Eu me preparei todinha
Depilei a bucetinha
Pra você lamber todinha
E você já quer parar?
Tu vem com essa linguinha
Que derrota, fez cosquinha
Nem tirei minha calcinha
E você já vai gozar?
(E você já vai gozar?)

Quando você me ligou não sabia
Pensei que ia rolar a putaria
Mas você chegou cortando o meu tesão
Vai pra lá com essa mangueira sem pressão

Bebê de gozada fraca nasce feio
Vê se faz direito
Pois aqui não é recreio
De gozada fraca não vou me molhar
Se não me aguenta
Não me chama pra brincar
(Se não me aguenta
Não me chama pra brincar)

Ficha Técnica da Música Gozada Fraca

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Gozada Fraca de Valesca Popozuda.

Número de Palavras 217
Número de Letras 1616
Intérprete Valesca Popozuda

Análises de Significado da Letra da Música Gozada Fraca

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited