Artista: Old Burn

Letra da Música Correntes do Caos de Old Burn

< Old Burn

Colecionando a existência de homens bons
Expectativa cruel que me faz padecer
Surpreendido por farsas tão banais á mim
Minha consciência desfruta de um mal comum

Reproduzindo ideias de seres cruéis
Frutos de uma justiça fraca e ruim
Meus pensamentos barrados pelo caos total
Culpado, alienado nesse mundo hostil

Servindo ao sistema
Contrariando meu eu
Me corrompendo todo
Correntes do caos!

Nunca mais sucumbirei
Aos porcos no poder
Eu vou me libertar
Desses vermes sem fim
Meu ódio á cada dia
Crescendo sem cessar
Agressivo ao extremo
Perder-me nunca mais

Servindo ao sistema
Contrariando meu eu
Me corrompendo todo
Correntes do caos!

Ficha Técnica da Música Correntes do Caos

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Correntes do Caos de Old Burn.

Número de Palavras 79
Número de Letras 682
Intérprete Old Burn

Análises de Significado da Letra da Música Correntes do Caos

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited