Artista: Odisseia Das Flores

Letra da Música Não Vou Fugir de Odisseia Das Flores

< Odisseia Das Flores

Racional sim a emoção também faz parte de mim
Mas sem deixar levar, se cair levantar
Que seja assim cada passo que dou estou crescendo
Buscando novos mundos novos conhecimentos

Como um par de tiros entre os pensamentos
Bumbo, caixa, contratempo eu tento
Desperto-me cansada não suplico leves cargas
Mas ombros fortes sou cria de caça
Luto com raça pois nada vem de graça

Em minhas entranhas estão à força de uma brasa
Façanha persistente, mesmo que perde não para
Porque o mundo pertence a quem se atreve saca?
E deus ampara

É muito fácil fugir, mas não vou
Não vou trair quem eu fui quem eu sou
É muito fácil fugir, mas não vou
Não vou trair quem eu fui quem eu sou


Como é difícil ver as pessoas admitir seus erros
Mal incurável da humanidade o medo
De ser eu mesmo, seja você mesmo ou não
As mascaras sempre serão seu aconchego

Não! me julgue não me aponte o dedo
Todos têm suas virtudes seus defeitos
Reflexão por um momento se todos derem as mãos
Quem sacará primeiro quem atirará primeiro?

Fica a pergunta perdura no ar
Quem será capaz de responder ou aceitar
Que a paz não está tão longe quanto parece estar
Depende só de nós para tudo isso aqui mudar

E babylon. babylon
Babi babi babi babylon
Na babylon na babylon
Queimará queima queima queima

Ficha Técnica da Música Não Vou Fugir

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Não Vou Fugir de Odisseia Das Flores.

Número de Palavras 198
Número de Letras 1382
Intérprete Odisseia Das Flores

Análises de Significado da Letra da Música Não Vou Fugir

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited