Artista: Irion Martins

Letra da Música (R)existir de Irion Martins

< Irion Martins

Esse teu cabelo crespo
Já ouviu demais
Mas continua armado
E ao mesmo tempo em paz

E se alguém perguntar por que ele tá em pé
Diz que a resistência é grande
E nunca dá ré

Essa tua história de muita luta
Continua viva ano após ano
Mas eles dizem que não há dano
Que o racismo é engano
E que essa cultura linda
Vai para além do profano

(Isso é engano)

Julga o negro de insano
E diz querer santo
Me diz se o professor do amor
Pregaria o desamor
Tem certeza? Ele mesmo? O próprio autor
Tu já parou pra pensar que ele pode ser dessa cor?

Negro, eu te vejo firmando laços
E penso que o mundo tem jeito
Eu vejo a 'senzala' adentrando espaços
Não como escrava
Mas como engenheira

Eu te vejo nas novelas, no fut, na música
Mas também vejo a tua luta
Contra o ódio disfarçado
De uma simples pergunta

É, não tem jeito
A Casa Grande surta!
Aqui no Brasil não existe isso de racismo
Os portugueses nem pisavam na África; os próprios negros é que se entregavam como escravos
Mito!
Mitou tanto que já entrou pro folclore brasileiro

Deixa o negro decidir o que é que é o preconceito
Porque não é você que é julgado pelo cabelo
Entende de uma vez que cota é equidade
Não culpe ela por não ter ingressado em nenhuma faculdade
(Nenhuma faculdade)
(Cota é equidade)

Esse teu cabelo crespo já ouviu demais
Mas continua amado
E ao mesmo tempo em paz
E se alguém perguntar
Por que ele tá em pé
Diz que a resistência é grande
E nunca dá ré

E se for pra trabalhar sem troco, de novo
Que seja na busca por paz
E não abaixa essa cabeça nunca
Senão a coroa cai

Ficha Técnica da Música (R)existir

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música (R)existir de Irion Martins.

Número de Palavras 250
Número de Letras 1746
Intérprete Irion Martins

Análises de Significado da Letra da Música (R)existir

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited