Artista: Hildo Rangel

Letra da Música Canção da Infantaria de Hildo Rangel

< Hildo Rangel

Nós somos estes infantes
Cujos peitos amantes
Nunca temem lutar;
Vivemos,
Morremos,
Para o Brasil nos consagrar!

Nós, peitos nunca vencidos
De valor desmedidos,
No fragor da disputa
Mostremos
Que em nossa Pátria temos
Valor imenso
No intenso da luta.

És a nobre Infantaria,
Das armas a rainha,
Por ti daria
A vida minha, e a glória prometida,
Nos campos de batalha,
Está contigo
Ante o inimigo
Pelo fogo da metralha!

És a eterna majestade
Das linhas combatentes,
És a entidade,
Dos mais valentes
Quando o fogo da vitória
Marca nossa alegria
Eu cantarei,
Eu gritarei:
És a nobre Infantaria!

Brasil, te darei com amor,
Toda a seiva e vigor,
Que em meu peito se encerra,
Fuzil!
Servil!
Meu nobre amigo para guerra!

Ó meu amado pendão,
Sagrado pavilhão,
Que à glória conduz!
Com luz
Sublime
Amor se exprime
Se do alto me falas,
Todo roto por balas!

Ficha Técnica da Música Canção da Infantaria

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Canção da Infantaria de Hildo Rangel.

Número de Palavras 105
Número de Letras 964
Intérprete Hildo Rangel

Análises de Significado da Letra da Música Canção da Infantaria

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.