Artista: Cebola Mol

Letra da Música Olá Olá (miúda) de Cebola Mol

< Cebola Mol

Oh, tu és tão chata
Não vês que eu estou com uns amigos
Chega-te mais ali para além
Não deixas ninguém sossegado
Eu estava aqui tão contente
Até chegares tu rapariga
Viraste-te para mim e disseste

Olá, olá, olá
E disseste
Olá, olá, olá.
E disseste
Olá, olá, olá.
E disseste
Olá, olá, olá


Vai ali para o canto
Chega-te para o pé do lago
Não vás para o pé dos passadores
Deixa estar o cão sossegado
Estava um dia tão bonito
E tu tinhas de aparecer
Quando te vi a descer a rua
Chegaste ao pé de mim e disseste

Olá, olá, olá
E disseste
Olá, olá, olá.
E disseste
Olá, olá, olá.
E disseste
Olá, olá, olá


Não andes com o gato de rojo
Não atires gravilha aos pombos
Porta-te bem uma vez que seja na vida
Mas tu não desistes pois não miúda
Eu gosto tanto de viver
O dia-a-dia descansado
Até aquela altura chata
Em que chegas ao pé de mim e dizes

Olá, olá, olá
Em que tu chegas ao pé de mim dizes
Olá, olá, olá.
Em que tu chegas ao pé de mim e dizes
Olá, olá, olá.
Em que tu chegas ao pé de mim e dizes
Olá, olá, olá.
(Todos)
Olá, olá, olá

Ficha Técnica da Música Olá Olá (miúda)

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Olá Olá (miúda) de Cebola Mol.

Número de Palavras 167
Número de Letras 1351
Intérprete Cebola Mol

Análises de Significado da Letra da Música Olá Olá (miúda)

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.