Artista: Caxiné e Caxiado

Letra da Música Pagode das Namoradas de Caxiné e Caxiado

< Caxiné e Caxiado

Vou contar bem direitinho
Preste atenção, meus amigos
Na cidade de São Carlos
O que se passa comigo
O meu problema de amor
No fim vai a ter perigo
Nas vila que eu tenho andado
Eu mesmo estou admirado
Das meninas que eu consigo

Ganhei uma mulatinha
Lá na vila do Tijuco
Do lado dessa garota
Era doce que nem suco
O pai dela é perigoso
Veio lá de Pernambuco
Namorei só quinze dias
Retirei de cuca fria
Isso aqui não me dá lucro

Passei lá na vila Neres
Fiquei firme com a Regina
Passei na vila Monteiro
Já gostei de outra menina
Morena cor de canela
Sua beleza é joia fina
Lá na vila Marcelino
Veio nas mãos de um menino
Um bilhete da Rosalina

Na vila do Pacaembu
Consegui ganhar Dedé
Dei uma volta na Cadete
Encontrei Maria José
E vim na vila Isabel
Frequentei um arrasta-pé
Puxei a dança na linha
Entrosei com uma moreninha
Lá da vila São José

Já não sei mais o que faço
Assim me vejo apertado
Passei lá na vila Sônia
Deixei encontro marcado
Maria na Bela Vista
Marlene na vila Prado
Botafogo e Redenção
Maria Inês e Conceição
Não demora eu sou casado

Ficha Técnica da Música Pagode das Namoradas

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Pagode das Namoradas de Caxiné e Caxiado.

Número de Palavras 158
Número de Letras 1201
Intérprete Caxiné e Caxiado

Análises de Significado da Letra da Música Pagode das Namoradas

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.