Artista: Zata

Letra da Música Escopeta de Zata

< Zata

Foda-se o ibope, rap não é pop
Nois até que "sarneia" no trap mas nois é boom bap lord
Não discorde de quem sabe, esses cachorro só late
O meu soco que arranca dente enfia no cu seu alicate
Falidos tipo parmalat, meu verso é 1000 quiliate
Eu tô pique majin bul vocês vão ser meu chocolate
Nessa porra então corra isso não é escolha
Guerreiros que correm atrás
só os morgados que ficam na encolha
E eu sou preto chato mato calo a boca desses rato
Sou real não sou boato meus real quero no extrato
É vários anos nessa porra então não vou cobrar barato
Vou pagando minhas contas se atrasar faço um gato

E os que desacreditaram ficaram pelo caminho
Vários que tava do lado viraram um zé povinho
Hoje só quero meu vinho um papel e uma caneta
Cada verso colocado é um tiro de escopeta

E eu sou muito grato
A quem me ajudou e não pediu nada em troca
A quem me aconselhou a não bota o nariz coca
Eu fico longe de fofoca, mas perto da xoxota
Que me chama que me ama e por nada não me troca
Ouvindo um sabota eu me imagino em "um bom lugar"
Uma cota de dollar numa casa a beira mar
Quero estar, me encontrar
em outro patamar sendo assunto
E eles vão me chamar de senhor não por vulgo
Eu grito truco na jogada sem ter nada nas mãos
Eu meto a cara na cena "memo" não tendo produção
É luz câmera e ação que eu tô
Pique vandaime

Lutando no tatame, batendo nos figurante
Pretos são protagonista preto não são coadjuvante

E os que desacreditaram ficaram pelo caminho
Vários que tava do lado viraram um zé povinho
Hoje só quero meu vinho um papel e uma caneta
Cada verso colocado é um tiro de escopeta

Ficha Técnica da Música Escopeta

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Escopeta de Zata.

Número de Palavras 275
Número de Letras 1694
Intérprete Zata

Análises de Significado da Letra da Música Escopeta

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited