Artista: Vende-se Rock

Letra da Música Matéria Viva de Vende-se Rock

< Vende-se Rock

Estou bem onde estou,
Nada de temer a morte
Eu tenho amigos à beça
E isso já me vale pra ser forte...

Na vida aprendi a jogar
E a driblar os gigantes,
E meus moinhos de vento
São os amores que o tempo
Me deu de presente...

Agora minha fantasia
É que o fio condutor da alegria
Dê voltas e voltas em quem amo
E só se solte no outono
De uma outra estação...

Agora meus próximos passos
É que a matéria viva refaça os abraços
Proteja do frio os meus laços
Todos aqueles que trago
No coração...

Nada além do que sou
E sei que sou um cara de sorte.
Sei o que me interessa
E eu não tenho pressa
Sigo em frente...

Na vida aprendi a lutar
Pelos sonhos distantes
E as verdades que tenho
São saudades dos beijos
Dos amores de sempre...

Agora minha fantasia
É que o fio condutor da alegria
Dê voltas e voltas em quem amo
E só se solte no outono
De uma outra estação...

Agora meus próximos passos
É que a matéria viva refaça os abraços
Proteja do frio os meus laços
Todos aqueles que trago
No coração...

Ficha Técnica da Música Matéria Viva

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Matéria Viva de Vende-se Rock.

Número de Palavras 158
Número de Letras 1139
Intérprete Vende-se Rock

Análises de Significado da Letra da Música Matéria Viva

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited