Artista: A.C.E.R.E.S. Vale Samba

Letra da Música Pelos Caminhos Dos Seringais, A Vale Samba Percorre A Amazônia de A.C.E.R.E.S. Vale Samba

< A.C.E.R.E.S. Vale Samba

Vou navegar...
Entre mistérios e magias...
Num ‘rio’ de sonhos, num ‘mar’ de fantasias
Na busca do ‘ouro branco’ cobiçado
Vou encontrar o eldorado...
Lenda narrada pelos ‘filhos do sol’
Ao desbravador espanhol



Com o ‘ciclo da borracha’... colonização
‘Pelos caminhos’ comércio, exportação...
Muita luta, exploração...
Bandeiras e brasões da ambição



O seringal abre a paisagem...
Outra imagem... o progresso chegou
A arquitetura p’ra selva trouxe arte...
E a cultura do norte, o Teatro projetou...



Viver, sonhar...
Deixar o mundo respirar
Preservar... saber usar o natural
No meu carnaval...
Sou Amazônia, ‘paraíso’ sem igual!



‘Chico’, sua luta não foi em vão...
Foi a voz do ‘coração’... uma voz que não se cala
Contra a força da opressão...
Foi da floresta, o caboclo guardião!



Vale Samba no pé... é show!
‘Garantindo e Caprichando’... eu vou
Cantando a Amazônia, nosso pulmão...
Em nome da preservação!

Ficha Técnica da Música Pelos Caminhos Dos Seringais, A Vale Samba Percorre A Amazônia

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Pelos Caminhos Dos Seringais, A Vale Samba Percorre A Amazônia de A.C.E.R.E.S. Vale Samba.

Número de Palavras 116
Número de Letras 1217
Intérprete A.C.E.R.E.S. Vale Samba

Análises de Significado da Letra da Música Pelos Caminhos Dos Seringais, A Vale Samba Percorre A Amazônia

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited