Artista: Universo Relativo

Letra da Música Resiliência de Universo Relativo

< Universo Relativo

Reluz no céu o astro rei
Quanta beleza a natureza traz
E a completude do meu ser
Em sintonia
Na gratidão e no amor
Que mora a paz

Abro as janelas para a luz
Que os meus olhos não conseguem ver
Permito que ela venha me purificar
De peito aberto para a vida
Eu vou viver

Governo a presente existência
Afasto o ego e busco a minha evolução
É necessário o equilíbrio
E a consciência
Um novo reino nasce em meu coração

Vem depressa ver
O sol iluminar
Estar vivo é um privilégio, eu sei
Positivo
Resiliência é a minha lei

E a vida flui bem melhor
Quando entendemos bem os seus sinais
Sabedoria é escutar a intuição
Observar
E a mente então silenciar

Provoca esse sentimento
O mundo ecoa a minha voz interior
Do que engrandece e enobrece
Eu me alimento
Pois hoje em minha alma prevalece o amor

Vem depressa ver
O sol iluminar
Estar vivo é um privilégio, eu sei
Positivo
Resiliência é a minha lei

Vem depressa ver
O sol iluminar
Estar vivo é um privilégio, eu sei
Positivo
Resiliência é a minha lei

Ficha Técnica da Música Resiliência

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Resiliência de Universo Relativo.

Número de Palavras 148
Número de Letras 1131
Intérprete Universo Relativo

Análises de Significado da Letra da Música Resiliência

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited