Artista: Os Quéops

Letra da Música Café de Chaleira de Os Quéops

< Os Quéops

CAFÉ DE CHALEIRA

Cutivo a terra para plantãço
Esta é a missão que papai me ensinou
A planta é sagrada, sustento de vida
Nós vamos pra lida, até o sol se por
Eu não me invergonho, de ser um carpíra
Pois não é mentira, porque eu sei que sou

Eu lido com a terra com muito orgulho
Ouvindo barulho das águas rolar
Os passaras chegam fazendo algazarra
Até as cigarras começa a cantar
Eu fico feliz naquele sertão
Ali é meu chão minha vida meu lar

Há noite o sertão fica enluarado
Nós todo sentado para discançar
Tomando um gostoso café de chaleira
Bolacha caseira bolo de fubá
E pego a viola todos acham bom
Com ele na mão começo a cantar

No fim de semana rotina encerrada
Dou uma caprichada para passear
Eu vou a igreja com os meus irmãos
E da oração quero participar
Lá aonde eu moro tem tranqüilidade
Amigo é verdade pode acreditar.

Ficha Técnica da Música Café de Chaleira

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Café de Chaleira de Os Quéops.

Número de Palavras 133
Número de Letras 945
Intérprete Os Quéops

Análises de Significado da Letra da Música Café de Chaleira

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited