Artista: Os Invisíveis

Letra da Música Debaixo do Teu Vestido de Os Invisíveis

< Os Invisíveis

Um cheiro morno
brota de baixo do teu vestido
nas tardes de domingo
nas tardes de domingo...

Um gato preto
dorme debaixo do teu vestido
sonhando versos antigos
sonhando versos antigos...

Escondo um dos meus segredos
embaixo do teu vestido.
E o sol arranca um rio dos teus poros,
molhando todo o tecido.

Uma música triste
toca debaixo do teu vestido
e vem até meus ouvidos
e vem até meus ouvidos...

A lua cheia
pinga debaixo do teu vestido
e escorre pelos ladrilhos
escorre pelos ladrilhos...

Tuas vielas de veludos
e sedas e sobretudos.
Teus endereços duvidosos,
Teus ossos, teus poços, teus muros.

Quando a noite vem
ela se vai também
e em seu caminho, eu sei que existe um outro alguém.

Esqueço as chaves e os cigarros
embaixo do teu vestido,
e então naufrago pelos bares
e bocas e olhos e ouvidos.

Um rato imundo
anda debaixo do teu vestido
roendo todo o sentido
roendo todo o sentido...

Ficha Técnica da Música Debaixo do Teu Vestido

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Debaixo do Teu Vestido de Os Invisíveis.

Número de Palavras 125
Número de Letras 945
Intérprete Os Invisíveis

Análises de Significado da Letra da Música Debaixo do Teu Vestido

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited