Artista: Os Fabulosos Viralatas

Letra da Música Azarestino de Os Fabulosos Viralatas

< Os Fabulosos Viralatas

Imposto, conta, taxa e multa
Tudo em atraso eu pago com muita luta
Mercado e escola, consulta e remédio
Uma cerveja no fim para espantar o tédio

Acordo às seis não tomo café
Nem sei ainda como estou de pé
E o trabalho me espera, mas o que posso fazer?
A realidade é dura, que opção posso ter?

Quero morar nessa feliz cidade
Onde tudo é lindo e todos se amam
Mas o único lugar que se aproxima disso
É um pequeno vilarejo de falsidade

O tempo não para e o mundo gira
As vezes mesmo tonto me mantenho de pé
E o trabalho me espera, mas o que posso fazer?
A realidade é dura, que opção posso ter?

Eu não sei se é azar ou destino
A liberdade de viver esse infortúnio divino

Ficha Técnica da Música Azarestino

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Azarestino de Os Fabulosos Viralatas.

Número de Palavras 117
Número de Letras 718
Intérprete Os Fabulosos Viralatas

Análises de Significado da Letra da Música Azarestino

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited