Artista: Ordem Central

Letra da Música O Meu, O Seu, O Nosso Jeito de Ordem Central

< Ordem Central

Tenho que aprender
A decidir enquanto a tempo
Tenho que saber
Se ainda existe sentimento
Tudo é inconstante, irreal
Indefinido
Sombras do meu medo
Procurando um outro abrigo
Até parece que vai encontrar
Outra pessoa que possa amar
Sair de casa não é solução
Pra que andar sem direção?
E no meu quarto tanta aflição
Ver suas roupas pelo chão
Pássaro voando
Mostra as flores que alcançou
Canta a primavera o inverno acabou
Tudo é tão distante, desigual
E infinito
Lágrimas no rosto
Lembra um fato consumido
Até parece que não vai mudar
Será exagero de novo tentar
Fecho as cortinas dessa solidão
E abro as janelas do meu coração
Na minha frente sei que tem alguém
Estendendo a sua mão

Eu vou amar você
Como nunca amei ninguém
E aonde for
Saiba que quero seu bem
Não vou deixar você partir amor
Vou te buscar, vamos seguir
Nem um segundo mais
Quero ir contigo até o fim, até o fim oh, oh...

Ficha Técnica da Música O Meu, O Seu, O Nosso Jeito

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música O Meu, O Seu, O Nosso Jeito de Ordem Central.

Número de Palavras 129
Número de Letras 1015
Intérprete Ordem Central

Análises de Significado da Letra da Música O Meu, O Seu, O Nosso Jeito

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited