Artista: O Élo

Letra da Música Tem de Saber Voar de O Élo

< O Élo

Sonhos que sonhava
Sei que irei até o fim
Nem imaginava
Que podia ser assim
Sem uma razão
Lagrimas tendem a cair
Caminhe o coração
Para a paz poder seguir

Inspiração que vem, chega sente zen,
Pensamentos do além,
Porem...
Que mal que tem, não desejo o mal a ninguém.
Só vejo o que me convem,
A fumaça que chapa, a farsa que se esconde...
Atras da trapaça ameaça...
Eu viajo fato, mas não atinjo o fraco oprimido e abandonado
Assim defino a população,
Que se orienta de pouca informação,
Porque tem preguiça de procurar.. vê se acorda..
Dias melhores deve buscar...
Não vacila de novo, pede socorro.. sua fé sua unica salvação..
E no mundo tentar... é o que começa um novo jogo,
Minha imaginação permite até outro mundo orbitar..
Universo distante, imagina poder voar...
Pra outra dimensão meditar,
Caminhos a frente qual direção que devo continuar.

Sonhos que sonhava
Sei que irei até o fim
Nem imaginava
Que podia ser assim
Sem uma razão
Lagrimas tendem a cair
Caminhe o coração
Para a paz poder seguir

A vida que passa lá fora ..só me trazem boas memorias
Contos e belas historias..
Mas não voltam... e passam as horas,
Sempre sorrindo eu levo a minha andança..
Talvez falte um sorriso, pra que volte a esperança
Puxando a fumaça que me traz toda sabedoria..
Pra você eu sou louco, pra min é alegria
Dor, nostalgia..
Pensar em fatos que amenizam..
Romper os laços fracaços que trazem
A ironia
Persista, insista
Em tudo aquilo que te faz bem,
Meditem, pois seus sonhos são
A unica chave para ir mais além...
De tudo aquilo que você poça imaginar,
Não basta apenas criar asas ...pra saber voar..
Se restaurar,
De todas impurezas do mundo..
A unica salvação são pensamentos profundos,
Que vem de dentro do peito.. que bate com coração
Que sai tudo no papel..
Na melodia e no som...
Trazendo boas lembranças, chamadas recordação
Flutuo espaço a fora...
Viajo na imensidão... viajo na imensidão...

Sonho que sonhava, na madruga acordava
E já imaginava, a lagrima rolava
Do rosto do homem que sem horizonte,
Ainda busca a fonte da sabedoria, não importa onde
O pote de ouro, atras do tesouro segue procurando,
Mesmo sem um plano
O seu cotidiano o fez enxergar,
Que o importante na vida é caminhar,
Siga o seu ritmo, rápido ou devagar, tente não parar,
Se desesperar é a pior saída,
Sei que é ingrime a subida, amigo eu sou realista,
Pode me chamar de artista,
É pra vencer que eu to na pista,
Tipo um anestesista, amenizando a sua dor,
Lutando contra os terroristas

Sonhos que sonhava
Sei que irei até o fim
Nem imaginava
Que podia ser assim
Sem uma razão
Lagrimas tendem a cair
Caminhe o coração
Para a paz poder seguir

Ficha Técnica da Música Tem de Saber Voar

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Tem de Saber Voar de O Élo.

Número de Palavras 384
Número de Letras 2874
Intérprete O Élo

Análises de Significado da Letra da Música Tem de Saber Voar

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited