Fabiano Bacchieri

Fabiano Bacchieri - Letras de Músicas

< Artistas iniciados com "f"

Conheça as 15 letras de músicas de Fabiano Bacchieri cadastradas no nosso site. Clique em cada uma delas para acessar detalhes diversos.

Amazon Music Unlimited

1. Baia Sebruna

Se foi assim tastaveando; Como querendo rodar; Pra mode não se estropear; Tentiei o bico do freio; Égua maleva essa baia; Com cismas de renegada; Cria de raça estragada; Que há tempos redomoneio. ; Já...

Veja a letra completa da música Baia Sebruna


2. Bancando na Rédea

Foi teu olhar de moça enluarando a vidraça; Foi tua graça enfinda em silhueta de flor; Por quem banquei na rédea nessa noite de inverno; Pra poder ter-me eterno pleno carinho e amor; Foi teu afago man...

Veja a letra completa da música Bancando na Rédea


3. Canção Noiteira de Acalanto À Tropa

UM ASSOBIO CHAMA A NOITE DEPOIS DA TROPA ENCERRADA, MORDENDO O JOGO DO FREIO DESCANSA A PATA A GATEADA; COM OLHOS DE “PERRO” NOVO NUMA MANHÃ DE RODEIO, TROCA ORELHA VEZ POR OUTRA, SE UMA MILONGA PONTE...

Veja a letra completa da música Canção Noiteira de Acalanto À Tropa


4. De Volta da Palmeira

Dois campeiros... linda estampa! Cada qual; no seu gateado. O mesmo baio coleira, que é mais que um; cusco... é um soldado! Pelo horizonte dos tosos rebolcam raios de sol, Pra depois sangrar de verde ...

Veja a letra completa da música De Volta da Palmeira


5. Do Que A Tarde Não Vê

Parece até que as figueiras; Chovem nos galhos copados; E que os cavalos da encilha; Já vem de lombo suado; Bailam as franjas do poncho; Em contraponto as do baio; Talvez tremendo de frio; Neste finzi...

Veja a letra completa da música Do Que A Tarde Não Vê


6. Na Invernada da Palmeira

Poncho negro sobre os ombros, chapeu de aba caida; No breu da tarde comprida, tropa o tranco da canhada; A chuva guasqueando firme, desfrauda a franja do mouro; e o vento fareja couro no lombo liso da...

Veja a letra completa da música Na Invernada da Palmeira


7. Na Madrugada Dos Galos

Parece que a madrugada levou um susto dos galos; Largou o sol num regalo no céu lá de atrás da figueira; Já fazia uns quantos mates, com jujos de primavera; Que eu sorvia na espera dos gateados na man...

Veja a letra completa da música Na Madrugada Dos Galos


8. Na Ponta Dos Cascos

Em quanto as mãos campeiras; Vão campeando ferraduras; A terdezita tranqueia; Emrrubecendo as planuras; Renasce mais uma estrela; A cada passo do tempo; É o dia bordando rastro; Na estrada do firmamen...

Veja a letra completa da música Na Ponta Dos Cascos


9. O Rio Grande Dos Meus Olhos

Lá se foi, o homem do campo; Pela vida, na sua batalha; Pedindo acolhida de Deus; Quando a sorte ainda lhe falha; Pra trás deixou saudades, verdades; Que vivem consigo; Parceiros, pertences, paixões, ...

Veja a letra completa da música O Rio Grande Dos Meus Olhos


10. Os Olhos do Meu Cavalo

Aos poucos vão indo embora As coisas que eu mais gostava; Quando morreu meu cavalo Por certo deus descansava; Era uma tarde de outubro Um silencio de sol por; Um vento nas madressilvas Ventava anúncio...

Veja a letra completa da música Os Olhos do Meu Cavalo


11. Paixão de Campo

Perdoa o guasca atrevido; Que vem traserte aos ouvidos; O grito de um coração; Mas se a saudade é tao grande; Que o peito em trova se espande; Pra dar alça a esta paixao; Partiste fosse ainda agora; M...

Veja a letra completa da música Paixão de Campo


12. Pé No Estribo

Era amizade de infância; Quando eu era piá de estância; Guri de cuida cavalo. Eu assobiava uma marca; Quando cantavam os galos, Tirei pra mim aquele potro; Um não vinha sem o outro; Cortando a vida em...

Veja a letra completa da música Pé No Estribo


13. Pra Quem Solta Um Cavalo

Me fui rumo a tarde campeando horizonte; Um passo de tropa pela sesmaria; Buscando o verde mais verde da várzea; No fundo do campo mais fundo que havia; De um lado de um zaino seguia a cadência; Um ve...

Veja a letra completa da música Pra Quem Solta Um Cavalo


14. Refrão do Clarear do Dia

Um silêncio de cristal; Se partiu na voz de um galo; No missal da noite grande; Com garganta de badalo; No mesmo ritual pagão; Que ainda teimo em cantá-lo. ; E tudo então recomeça; Aos olhos da primav...

Veja a letra completa da música Refrão do Clarear do Dia


15. Regalo Pra Quem Nasceu Na Querência

NO GRITO DE –“ BAMO EMBORA!”; A BOTA BUSCA O ESTRIBO, O CORPO FICA MAIS LEVE; E O INDIO MUITO MAIS VIVO. E O RITUAL DO PEÃO DE CAMPO; ESTE “GAUCHO” PRIMITIVO, ALMA FEITIU DE FORQUILHA; SÓ PRA EXPLICAR...

Veja a letra completa da música Regalo Pra Quem Nasceu Na Querência


Fabiano Bacchieri Amazon Music Unlimited