Artista: Carolina

Letra da Música Fado Transmontano de Carolina

< Carolina

Por trás da pedra dura, pedra negra
Para além destas encostas
Um homem quando nasce é como a pedra
E o marão volta-lhe as costas

Ai como é duro este centeio
Com as altas montanhas pelo meio
E um homem que é um pássaro sem lar
Poderá por não ter chão, saltar

Por detrás de Trás-os-Montes, é numa cama de vento
Que se deitam horizontes nos lençóis do sofrimento
Por detrás de Trás-os-Montes, um cobertor de geada
Gela a garganta das fontes, mas o frio não sabe a nada

Por detrás das mãos rugosas e da mágoa
Para aquém desta grandeza
Os homens transmontanos choram água
Pelos olhos da tristeza

Pois quando um homem chora à portuguesa
A raiva é maior do que a pobreza
E um homem que é um pássaro sem lar
Poderá tendo mulher, saltar

Por detrás de Trás-os-Montes a mulher é de granito
Os seus braços duas pontes entre o ventre e o infinito
Por detrás de Trás-os-Montes os homens são andarilhos
Seus barcos arcos das pontes que ligam a terra aos filhos

Por detrás da pedra negra, anda tanta, tanta fome
Que um homem quando emigra, esquece até o próprio nome
Em Trás-os-Montes chamado Zé Mário no seu país
Seu nome está exilado, como se chama em Paris

Ficha Técnica da Música Fado Transmontano

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Fado Transmontano de Carolina.

Número de Palavras 186
Número de Letras 1278
Intérprete Carolina

Análises de Significado da Letra da Música Fado Transmontano

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.