Artista: Canteiro Marginal

Letra da Música Cidade de Canteiro Marginal

< Canteiro Marginal

No beco, no breu, na rua sem saída
No meio da avenida, na porta de casa
E se fosse um amigo seu?

No trafego, ao sol do meio dia
Dentro de um restaurante, à qualquer instante
E se fosse um amigo seu?

Deixar a água subir, a água subir
A água subir, a água subir
Chegar no umbigo, mas que perigo

Eu tenho medo de acordar sem você
Eu tenho medo de nunca mais te ver
Me telefone, mande mensagem
Eu já perdi meu bem pra cidade

No protesto, fugindo da polícia
Cuidado com as bombas e balas de borracha
E se fosse um amigo seu?

Deixar a água subir, a água subir
A água subir, subir
Passar do pescoço, é osso

Eu tenho medo de acordar sem você
Eu tenho medo de nunca mais te ver
Me telefone, mande mensagem
Eu já perdi meu bem pra cidade

Eu tenho medo de acordar sem você
Eu tenho medo de nunca mais te ver
Todo cuidado é muito pouco
Eu só te peço que não volte tarde, tarde demais

Ficha Técnica da Música Cidade

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Cidade de Canteiro Marginal.

Número de Palavras 152
Número de Letras 931
Intérprete Canteiro Marginal

Análises de Significado da Letra da Música Cidade

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.