Artista: Camila Ribeiro

Letra da Música Desabafo de Camila Ribeiro

< Camila Ribeiro

Ela é vista como objeto
Ela é menosprezada
Ela sofre todo dia
E ainda é vista como errada

Totalmente inocente
E tem que aguentar calada
Pessoas dizendo
Mereceu ser estuprada

Pra uns é só um número: 33
Mas pra ela é uma lembrança
Que nunca se vai de vez

O que mais me surpreende é a banalidade
Que esse tipo de noticia tem nessa sociedade
O povo não sabe levar o assunto na seriedade
O cara fala: não fui eu e acreditam que é verdade

Estereótipo
Mulher
Interesseira
Vadia
Se faz: que nem um homem
E fica com dez em um dia

Feminismo, sororidade, empatia
Não entendo porque a gente não precisaria

Então, macho alfa, não vem me dizer
Se o assédio na rua não foi com você

Pelo meu gênero sou diminuída
Sinto machismo na pele
E agora quero ser ouvida

Uma mulher violentada
Uma vida perdida
Um tapa na cara
No meio de uma briga

De marido e mulher
Não mete a colher
Deixa o homem fazer
O que ele quiser

Eu tento dizer: Não!
São palavras em vão

Menina feminista querendo falar
Mas eu só tenho 15 anos
Eles não querem me escutar

Muito nova pra ter história pra contar
então por que eles não me deixavam jogar?
O palavrão só fica feio se eu falar?
E a roupa curta, não posso nem pensar em usar

Pense que é um ser humano
E não que poderia ser sua irmã
Porque pequenos atos sexistas hoje
Contribuem para o assédio de amanhã

Ficha Técnica da Música Desabafo

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Desabafo de Camila Ribeiro.

Número de Palavras 205
Número de Letras 1497
Intérprete Camila Ribeiro

Análises de Significado da Letra da Música Desabafo

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.