Artista: A Fantástica Maddame Butterfly

Letra da Música Careta Blues de A Fantástica Maddame Butterfly

< A Fantástica Maddame Butterfly

Desde pequeno eu ouço o mesmo
Sobre o certo e o errado,
Mas não acho que é perfeito,
Eu sempre achei tudo arrumado.

É pra você pensar pequeno,
Pra você pensar travado.
Com certa dose de culpa,
Se tornando um condenado, oh baby!

Passei tempos na abadia,
Procurando entendimento.
Clorofórmio e ácido lisérgico
Abriram as portas do convento!

É putaria que é o canal,
Da uretra da sua mente.
Na ressaca, bossa nova,
Na noitada, vinho quente.

É que se você bebe, fuma, mete
O nariz onde não deve,
O problema é seu!

Automático é o pensamento,
Que se dane o palavreado!
Se taturana é borboleta,
Em pensamentos transviados.

Pára de contar história,
Tirar pele de cordeiro.
Bota força na peruca!
Vem aqui deitar o cabelo!

É que se você bebe, fuma, mete
O nariz onde não deve,
O Problema é seu!
(Solo)

Mas se você não bebe, não fuma e não mete
Você já morreu!

Ficha Técnica da Música Careta Blues

Na tabela abaixo você vai encontrar dados técnicos sobre a letra da música Careta Blues de A Fantástica Maddame Butterfly.

Número de Palavras 124
Número de Letras 1009
Intérprete A Fantástica Maddame Butterfly

Análises de Significado da Letra da Música Careta Blues

Nenhuma análise de significado de letra publicada para esta música.

Amazon Music Unlimited